Día de Reyes: uma celebração tipicamente espanhola


Día de Reyes: uma celebração tipicamente espanhola

 

Você já conhece a história dos Reis Magos: montados em seus camelos, atravessaram o deserto seguindo uma estrela para presentear o menino Jesus com ouro, incenso e mirra. O que talvez você não saiba é a importância desses três personagens na cultura espanhola.

 

Como acontece por aqui, a partir de dezembro, as crianças da Espanha também escrevem cartinhas com seus pedidos, mas elas não são endereçadas ao Papai Noel mas sim a Melchor, Gaspar y Baltasar, os três Reis Magos. Mas os presentes não chegam no dia 25 de dezembro, mas sim no dia 06 de janeiro, o Día de Reyes.

 

A celebração começa ainda na noite anterior, quando as ruas são tomadas pela Cavalgada de Reis (Cabalgata de los Reyes), uma procissão com carros alegóricos, luzes e distribuição de doces para los niños. Depois da procissão, todos voltam pra casa para comer o Roscón de Reyes, um pão  preparado com água de azhar e frutas cristalizadas, decorado com uma coroa. Dentro dele, fica escondido um brinquedinho. Dizem que encontrar a sorpresa na sua fatia de Roscón traz sorte. Mas segundo a tradição, é o “sorteado” que tem que pagar o doce no próximo ano.

Roscón de Reyes
Roscón de Reyes

Antes de dormir, as crianças deixam comida e bebida para os Reis e para seus camelos. Além disso, seus sapatos são deixados na porta para que os ilustres visitantes saibam quantas crianças vivem naquela casa. E na manhã do dia 06, é só alegria: é a hora de abrir os presentes. Quem se comportou bem, ganha o que pediu. Já quem se comporta mal ganha apenas um pedaço de carvão.

+ There are no comments

Add yours